TEXTOS ILUMINADOS

BOAS MENSAGENS!

São Nicolau


São Nicolau
(Comemorado no dia 6 de Dezembro)

A HISTÓRIA:

A notícia mais antiga sobre São Nicolau, para além das lendas, é do século VI, na qual se informa sobre a existência de uma basílica dedicada a este grande santo de Mira, cidade situada na atual Turquia.

Após ter feito uma peregrinação à Terra Santa, Nicolau foi ordenado bispo de Mira. Em pouco tempo conquistou a simpatia de todos, devido a sua exemplar caridade e bondade para com todos. Seu espírito de oração o tornou conhecido e amado para além de sua diocese.

Na perseguição de Diocleciano, por volta do ano 310, Nicolau foi preso e torturado. Só não foi morto porque em 313 foi proclamado o edito de Milão, que concedeu a liberdade religiosa para os cristãos.

Nicolau foi um dos bispos que participou do Concílio de Nicéia, em 323, no qual foi definida a fé na divindade de Cristo, proclamado consubstancial ao Pai. Neste mesmo Concílio, um outro fato emocionou os participantes: Constantino Magno, o imperador de Roma, que tanto perseguira os cristãos, ajoelhou-se para beijar as cicatrizes do bispo Nicolau, pedindo perdão.

Nicolau faleceu em torno do ano 350. Diante da ameaça de profanação de seu sepulcro pela invasão dos muçulmanos, uma expedição de 62 soldados da cidade italiana de Bari resgatou e transportou as relíquias de Nicolau para a catedral desta cidade. Dali seu culto correu terras e mares, alcançando até a Rússia, da qual é o padroeiro.

São muitas as histórias em torno do bispo Nicolau. Uma das mais famosas é a das três moças que queriam casar, mas não tinham o dote exigido por serem muito pobres. O pai sugeriu que se prostituíssem para conseguir o dinheiro necessário. Quando São Nicolau soube disso jogou pela janela da casa delas o valor correspondente. A atual figura comercial do Papai Noel foi inspirada no bispo São Nicolau. Ele ajudava não só em forma de dinheiro as famílias necessitadas. Mas também distribuía doces para as crianças pobres por ocasião do Natal. Ainda hoje, por exemplo, na Alemanha, as crianças recebem seus presentes no dia de São Nicolau, pois no Natal, quem deve ser homenageado é o Menino Jesus.

Mesmo após 16 séculos, o exemplo de São Nicolau continua a estimular-nos para que nossa vida seja marcada pela generosidade, pelo carinho e cuidado com os mais pobres e carentes, também de afeto e amor. Que a proximidade da festa do Natal nos recorde que Jesus é o mais belo presente que o Pai nos concedeu e que Seu amor está ao alcance de todos e não há nenhum outro presente que o possa superar.

Frei Jorge E. Hartmann (Ordem dos Frades Menores).

Nenhum comentário:

Postar um comentário